Good Practices

GRÉCIA

University of the Third Age

A Universidade da Terceira Idade é um programa que começou em 2019 em Atenas que promove e permite o envelhecimento ativo. Através da aprendizagem ao longo da vida e da educação digital, as pessoas com mais de 65 anos reúnem e socializam, aprendem novos conhecimentos e competências e, em geral, melhoram a sua qualidade de vida e a sua saúde física e mental. Os principais cursos são História Europeia, Filosofia Grega, Informática, Drama, Escrita Criativa, Língua Inglesa, Cosmologia e Contagem Intergeracional de Histórias.

Open Care Centres for the Elderly 

Os KAPIs começaram como uma prática de política social significativa a fim de apoiar o envelhecimento da população. Atualmente, na Grécia, cada município é responsável por pelo menos um KAPI onde os idosos podem participar em atividades como pintura, exercício físico, participação em viagens – por exemplo, visitas a museus –, ou cuidados médicos e sociais, como fisioterapia e apoio psicológico. Os KAPI visam alcançar múltiplos objetivos, tais como a prevenção de problemas biológicos, psicológicos e sociais das pessoas idosas, a fim de permanecerem membros autónomos, iguais e ativos na sociedade. 

From one generation to  the next

O objetivo do programa é familiarizar as crianças com a abordagem metodológica da narração de histórias como forma de reunir diferentes gerações, aumentando o tempo passado com os avós. Este programa contribui significativamente para a percepção de que esta interação pode ser interessante e divertida. O principal objetivo é aumentar a quantidade de tempo que as crianças passam com os idosos. Simultaneamente, o contacto dos idosos com as crianças enche-as de alegria e otimismo e eles sentem-se úteis na sociedade à medida que transferem os seus conhecimentos para as gerações mais novas. 

ITÁLIA

Nonni SUD Internet

Esta boa prática é um curso de formação com os seguintes objetivos: promover uma metodologia de aprendizagem intergeracional, fomentar a alfabetização digital dos idosos com mais de 60 anos em Itália e encorajar a socialização e interação entre os estudantes e os idosos.  

O projeto baseia-se numa série de cursos de formação implementados em várias regiões do Sul de Itália. Os jovens estudantes dirigem estes cursos e os participantes são pessoas idosas em risco de exclusão social. Os jovens estudantes estão encarregues de transmitir conhecimentos e informações práticas sobre dispositivos tecnológicos aos idosos. 

Conoscersi a távola

O projeto consiste numa vasta gama de atividades destinadas a permitir que os idosos interajam e socializem. A maioria destas atividades visa transferir conhecimentos teóricos sobre estilos de cozinha, bem como sensibilizar para a importância de estilos de vida saudáveis, especialmente quando se trata de cidadãos frágeis. Muitas atividades incluem exercícios práticos nos quais os idosos podem aprender “na prática” novas noções e técnicas de uma forma que a experiência global seja divertida e frutífera.

Palermo apre le porte

Esta é uma iniciativa que incide principalmente na redescoberta do património cultural e histórico da cidade de Palermo. Cada escola envolvida escolhe um local de património específico (monumento, igreja, praça, etc.) e aprende toda a informação sobre o mesmo. Depois, os mesmos estudantes “abrem” os sítios do património histórico ao público em geral, apresentando e explicando as principais características de cada sítio. Uma estratégia semelhante é aplicada no Centro Diurno Anziani (Centro Público para idosos), onde os idosos procuram especificamente informações sobre o Sorgente del Gabriele, utilizando livros, jornais antigos e também a Internet. Em seguida, apresentam o Sorgente del Gabriele ao público em geral.

Nonni in camice bianco

Na região italiana da Emilia Romagna, os Centros de Dia estão habituados a organizar pequenos espetáculos de teatro, coros, leituras de contos e poemas por ocasião das festividades italianas. A boa prática consistiu em transferir este conjunto de conhecimentos e competências consolidadas dos idosos para uma iniciativa que visava proporcionar alívio e alegria às crianças hospitalizadas.  

Cada Centro de Dia para idosos envolvido escolhe um conto de fadas e os idosos vão ao Hospital S. Orsola-Malpighi, levando todo o equipamento preparado, e recitam os contos de fadas para as crianças hospitalizadas.

Ricordare per trasmettere valori

This is an intergenerational practice in which students and elderly people work together in  small groups to represent through arts personal stories of the elderly related with the  period of the Second World War. 

PORTUGAL

Aldeias de Memória

Esta boa prática é realizada em aldeias muito típicas do interior de Portugal. Algumas dessas aldeias estão quase abandonadas. Os mais jovens migraram, e as únicas pessoas que lá vivem são os mais velhos. Em oito dessas aldeias, os idosos contam histórias àqueles que as visitam. Os seus perfis foram incluídos num website com o apoio da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesia.

Estória, História…: Encontro de Contadores, Lareiras e  Sabores

Esta boa prática visa a promoção das aldeias típicas do interior de Portugal através da arte de contar histórias e contos das regiões. Algumas dessas aldeias estão quase abandonadas, uma vez que as gerações mais jovens tiveram de procurar empregos e oportunidades noutros locais geográficos. Os mais jovens abandonaram e as únicas pessoas que lá vivem são os mais idosos.  

A abordagem do projeto consistiu em ir aldeia por aldeia, alcançando os mais velhos, e pedir-lhes que partilhassem histórias perto de uma lareira e acompanhadas com a comida mais genuína da região. 

Senior Inclusive 

O Senior Inclusive baseia-se na criação de uma solução tecnológica que ajuda a população idosa a não esquecer a sua medicação e a não se perder. Ao criar equipamento adequado às necessidades da população sénior, este projeto visa manter os idosos ativos e melhorar a sua sensação de segurança.

RUTIS

Este programa foi criado para unificar todas as Universidades Sénior do país, para que partilhem boas práticas entre elas. O RUTIS promove estudos sobre a população idosa para compreender as suas necessidades e a forma como os programas de Assistência Social estão a funcionar. O reconhecimento da relevância dos voluntários idosos ganhou alguma importância nos últimos anos, como forma de encorajar a inclusão social dos idosos.

Programa Aconchego

Este programa, baseado numa perspetiva intergeracional, visa combater a solidão e o isolamento dos seniores. Para tal, o programa aloja jovens estudantes universitários em residências de idosos no Município do Porto, que, com uma contribuição simbólica em bens ou alimentos, podem contribuir para fazer face ao aumento das despesas em água, eletricidade e gás.  

Prémio Seniores

É um prémio para apoiar projetos que promovem o envelhecimento ativo, saudável e em casa de pessoas com mais de 65 anos em situações de vulnerabilidade social. Para ajudar as instituições com ideias interessantes e projetos bem desenvolvidos, este prémio foi criado com o apoio de dois importantes parceiros financeiros.  

Os candidatos apresentam as suas candidaturas e um painel de juris avalia cada projeto e decide aquele que merece ser financiado.

ESPANHA

Artesaneando

Artesaneando (artesanato) procura a participação, melhoria e integração de pessoas idosas que vivem em áreas rurais. Através desta iniciativa, espera-se também recuperar os conhecimentos e as competências relacionadas com o artesanato e tradições antigas.  

Elderly cultural volunteers to show Museums to children, youngsters and retired people

Este é um programa nacional que teve início em 1993. O projeto criou bibliotecas móveis, através das quais os mais velhos podem transmitir os seus conhecimentos e experiência às gerações mais jovens. As pessoas mais velhas levam os seus conhecimentos culturais e histórico-artísticos a crianças e jovens estudantes, bem como a pessoas mais velhas e outros grupos que estão excluídos da possibilidade de usufruir dos benefícios do prazer cultural.

The Orchards of La Candamia 

Esta boa prática está a ser realizada desde 1995 pela Câmara Municipal de León em La Candamia, num grande jardim da cidade de León. Nesta zona natural, a Câmara Municipal criou pomares de lazer para pessoas idosas. Os pomares são cultivados utilizando técnicas tradicionais que revalorizam os conhecimentos dos idosos.  

Está provado ser uma excelente terapia ocupacional e de lazer para pessoas idosas, proporcionando-lhes espaços livres alternativos que lhes permitem realizar atividades físicas em contato com a natureza. 

LISTEN TO ME 

Esta boa prática foi um projeto europeu que visava prevenir o abandono escolar precoce dos adolescentes e, ao mesmo tempo, permitir um caminho para o envelhecimento ativo, tornando os idosos capazes de dar uma importante contribuição social.  

A iniciativa consistiu em formar os idosos para se tornarem mentores de adolescentes, servindo-os como guia, modelo, e dando-lhes apoio.

A coleção completa de boas práticas em inglês pode ser consultada aqui.